Quem sou eu

Minha foto
Ela era a última menina sozinha daquela cidade. Sarah, dezessete anos, filha de pais separados, um metro e sessenta e dois centímetros de drama, sorrisos e amores. Com cabelos na altura do seu ombro. E ela adorava se comparar a Capitu, a personagem de Machado de Assis. sábado, 07 de agosto de 2010 ____________________ Engraçado, a última vez que editei essa descrição eu tinha dezessete, hoje tenho vinte e um, continuo com a mesma altura, cresci só espiritualmente! Ah! Meus cabelos também cresceram, e não me sinto tão sozinha quanto antes, e eu ainda tenho um coração maior que o mundo. 26/07/2013

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011


Penso, com mágoa, que o relacionamento da gente sempre foi um tanto unilateral, sei lá, não quero ser injusto nem nada — apenas me ferem muito esses teus silêncios. A sensação que tenho é que você simplesmente não está a fim de transar muito — e cada vez que tomo a iniciativa de escrever, é sempre meio tolhido, sem naturalidade, com medo de incomodar, de ser indesejável. Não é uma coisa agradável. Seja como for, continuo gostando muito de você — da mesma forma —, você está quase sempre perto de mim, quase sempre presente em memórias, lembranças, estórias que conto às vezes, saudade. E se é verdade que o tempo não volta, também deveria ser verdade que os amigos não se perdem. Eu não gostaria de acreditar nisso. 
(Caio Fernando Abreu. Carta a Hilda Hilst)

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Eu sempre acho que amanhã será o dia de mudar de vez, de me assumir por completo. Mas daí o amanhã chega e tenho uma imensa preguiça de sair da minha área de conforto, porque é bem provável que ninguém entenda. E dá medo encarar o que é definitivo. E porque é mais fácil reclamar da vida do que torná-la leve de sobreviver. Hoje eu sinto saudade e nem sei do quê. É uma angústia louca, um misto de vontade de chorar e sorriso leve. Eu não sei citar motivos, mas alguma coisa me falta. Estou ao mesmo tempo feliz e deprimida, tenho companhia e nunca fui tão sozinha, tenho sucesso e nuna me senti tão fracassada. Eu crio mil planos pra mim e boicoto todos eles. A vida é tão cheia de ciclos e fases e eu me agarro doentiamente ao conhecido. Eu evito mudanças drásticas, sabendo que são meus impulsos mais interessantes e busco o conforto da mesmisse. É ridículo, não há surpresas. Ninguém nunca espera que eu saia dos meus limites. Quem me conhece de verdade? E quem sabe dos momentos que eu estou a ponto de explodir? As saudades são grandes, o telefone mudo. Me identifico com livros e personagens e nem tenho uma história pra contar. E se eu contar, quem vai se importar? Eu me importo, e muito. Quero marcar mais quem passa por mim, quero perder esse medo de não agradar, essa preocupação em ser o que todos esperam. Tentando não incomodar ninguém eu fico neutra. Invisível. E todas as minhas experiências de falta de preocupação já me indicaram que seria bem melhor me assumir. Eu não sou tímida. Sou calculista.

E essa falta... Na verdade eu sei, mas não queria saber... É falta de mim.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011


Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar.
Re-amar.
Amar.
Caio Fernando de Abreu

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

"- Então Charlie Brown, o que é amor pra você?
- Em 1987 meu pai tinha um carro azul
- Mas o que isso tem a ver com amor?
- Bom, acontece que todos os dias ele dava carona pra uma moça. Ele saía do carro, abria a porta pra ela, quando ela entrava ele fechava a porta, dava a volta pelo carro e quando ele ia abrir a porta pra entrar, ela apertava a tranca. Ela ficava fazendo caretas e os dois morriam de rir. Acho que isso é amor."

domingo, 18 de setembro de 2011

Ninguém tem paciência de te ler menina, as pessoas querem logo o seu resumo, umas cinco ou três linhas e já é o bastante para eles. E como você não consegue resumir nada em sua vida, eles inventam aquelas bobagens por apenas conhecer a sua capa.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Uma vez que se provou aquele gosto incomparável, não há como parar! O instinto é mais forte, o desejo é mais rápido do que o próprio certo e errado, por isso não se nega sua raiz. O veneno é doce, é calmo, é peculiar.

sábado, 10 de setembro de 2011


Há uma diferença entre o que você quer, e o que é bom pra você.  
Amy Winehouse

Não é raro, tropeço e caio. Às vezes, tombo feio de ralar o coração todinho. Claro que dói, mas tem uma coisa: 
 A minha fé continua em pé.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Que os ventos de setembro carreguem todas negatividades de agosto...

ME FALTA, você.


(...) Esse eterno amanhecer por dentro, um sol interno tão aceso, essa alegria gratuita. E existe algo em nós que é tão recíproco, cúmplice e intenso. Dos nossos olhares que dizem tanto sobre tudo, silenciosamente. Da compreensão e paciência a que nos dedicamos diariamente. E o amor que permeia tanta poesia, e a poesia que se entrega inteira para as palavras.. E nada míngua com o passar do tempo e mesmo acreditando não ter mais espaço, cresce, flui, se imensa clareando o que era escuro e frio.Cada vez mais e mais eu preciso dizer do amor. Dessa ternura delicada. Cada vez mais o amor vem sendo a melhor experiência. Cada vez mais eu percebendo que se nada no mundo é definitivo. Uma primavera inaugurada a cada dia. E mesmo que nada possa ser eterno, mesmo que o "pra sempre" não exista, eu sei que vou seguir te amando, pelo menos, pelos próximos 99 invernos.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011


Se o amor for grande… a espera não será eterna, os problemas não serão dilemas, e a distância será vencida. Se a compreensão insistir, as brigas nos fortalecerão, os fatos nos farão rir, e os diálogos nos marcarão. Se o respeito prevalecer, os carinhos serão doces e suaves, os beijos profundos e cheios de valor, e os abraços calorosos e confortantes. Se a confiança existir, a dúvida se extinguirá, as perguntas serão respondidas, e as palavras poderão ser ditas. Talvez não seja um amor eterno. E não é um amor doentio, nem um amor ideal. Mas um amor verdadeiro. Aquele que vence as barreiras impostas pela vida e pelas ocasiões. Aquele que não teme a escolha, e faz a opção de simplesmente ser intensamente vivido.

-AGOSTO AMARGO.

"Eu poderia me reinventar te contando como passei meus últimos dias, mas penso que as informações seriam meio incompletas, só sei do gosto de vodca e preguiça que não levantam comigo, misturados com o perfume agressivo de outros rapazes que dormi junto desejando acordar nunca mais. Os papos chatos, os sabores de beijos secos que não se sobrepõem ao seu na minha língua, as músicas altas demais que ouço com a manifesta intenção de estourar um tímpano, e explodir dentro de mim tudo que você ainda representa.

Olha pra mim. Ando finalmente me divertindo, sendo feliz pela noite, e transcorrendo os dias como se o futuro bonito fosse o que realmente parece ser - apenas um elogio falso pra gente sentir que sonhar é tão bacana quanto viver. Embora eu ainda acorde quente e molhada de pesadelos que tenho contigo, sempre de olhos abertos e inchados, claro. Dele, eu interpreto que o amor não passa de um cachorro louco, dando voltas, correndo atrás do rabo, babando doente de raiva. Você é meu eterno agosto, rapaz. Louco e amargo.

Seu sarcasmo sempre foi o diabo da nossa comunicação, então eu ordeno: tira esse riso sórdido do rosto, não vá pensando que essas palavras jorram da minha boca como placebo pro meu desconforto. A dor é meramente ilustrativa, e psicológica também. Ninguém jamais me fez sofrer, nunca me obrigariam a isso, sempre que sofri por alguém foi porque quis, não por julgar que valessem a lágrima, cada uma delas. Se corri tanto atrás de você foi pela ideia fixa de fazer justiça com as próprias pernas.

Mas agora tá tudo bem. Aprendi que quanto mais superficialmente você costura uma relação, menos chance há de se afogar. Navegar é preciso, o negócio é não faltar nas aulas sobre como boiar em águas nem doces nem salgadas. Hoje posso dizer convicta que prefiro o clarão das aparências que a penumbra de mergulhar fundo, sem saber como respirar abaixo do chão. Agora, como boa marinheira de incontáveis viagens, finalmente sei como desatar nós.

Eu sei, tudo isso soa meio triste e solitário, mas durante todo esse tempo que você ficou ao meu lado me ensinando como ser sozinha, tudo indica que fiquei boa nisso. Essa não é minha vida mesmo, essa alegria é emprestada, esse sorriso é postiço. No meu rosto decorado com pó diluível, a maquiagem é à prova de decepção - especial pra quem vaga pela noite sem o retornável desejo de quebrar a cara. E desse corpo que ofereci pra ser só seu, também não sou mais dona, agora é quase de quem quiser.

Cara, eu só queria te ver mostrando que precisa de mim, vez que outra. Que me amasse com ênfase nas vezes que não mereci ser amada. Porque, entre me sentir inútil só pra você e me sentir inútil pro resto do mundo, optei pela diversidade. Ok, não vou mentir, tenho sentimentos de estimação por você. Mas estou deixando de alimentá-los. Um dia eles morrem."
"Desculpa toda essa sede maldita de profundidade, mas, eu gosto assim, meu amor. Eu gosto de me afundar, me afogar, morrer em mim mesmo. Não gosto dessas piscininhas rasas, gosto dessas lagoas fundas, que me proporcionam algum perigo."
"Tô dum jeito que me afastei muito de tudo e ir até a esquina às vezes é uma aventura."

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Dizem que quando você não está conseguindo dormir é porque está acordado no sonho de alguém.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

‎''E eu sei que todos os dias quando eu acordo Deus dá um sorriso e me diz: estou te dando a chance de tentar de novo.''

terça-feira, 16 de agosto de 2011


E mesmo que nada possa ser eterno, mesmo que o “pra sempre” não exista, eu sei que vou seguir te amando, pelo menos, pelos próximos 99 invernos.

Para o amor, um banco de praça já basta. Ou ficar na frente do portão. Ou uma xícara  de café. Amor mesmo é um filme de baixo orçamento.
                             .Carpinejar

-É difícil aprisionar os que tem asas.

.



Palavrasnossa asa e arma. Às vezes mortíferasabes?

                                            Caio Fernando


.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Fiquei feliz em poder sentir tua falta, - a falta mostra o quão necessitamos de algo/alguém. É assim o nosso ciclo. Eu te preciso. Perto, longe, tanto faz. Preciso saber que tu está bem, se respira, se comeu ou tomou banho - com o calor que está fazendo neste verão, tome pelo menos uns três ao dia, e pense em mim, estou com calor também. Me faz bem pensar nessas atividades corriqueiras, que supostamente você está fazendo. Ah, e eu estou te esperando, com o coração pulsando forte, e te abraçar até sentir o mundo girar apenas para nós. É, eu gosto muito de ti.

domingo, 14 de agosto de 2011

- Te espero com a força do pensamento

Liga o rádio. Tocava “Nem um dia” do Djavan. Quase todas as músicas falam de amor... histórias com finais felizes... ou não. Começava a cantarolar “Um dia frio, um bom lugar pra ler um livro...”. A música acabou por dar uma idéia sobre o que ela poderia fazer: ler. E foi. Pegou o primeiro livro que viu em sua estante e começou a folheá-lo. Mas logo desistiu: era mais uma história de amor.

sábado, 13 de agosto de 2011

-patience

Paciência para cruzar os dias sem se deixar esmagar por eles. 




Não desista, vá em frente. Sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso. Nunca ouvi falar em ninguém que tivesse tropeçado em algo enquanto estava sentado. 

terça-feira, 9 de agosto de 2011


- BOM DIA

Ando com uma vontade tão grande de receber todos os afetos, todos os carinhos, todas as atenções. 
Quero colo, quero beijo, quero cafuné, abraço apertado, mensagem na madrugada, quero doces, quero música, vento, cheiros, quero...quero!

Caio Fernando Abreu

quinta-feira, 21 de julho de 2011

-revigora.

E de repente a vida te vira do avesso, e você descobre que o avesso, é o seu lado certo.

-PURO.

 Te quero imensamente bem. Fico pensando se dizendo assim, quem sabe, de repente, você acredita.

- E Hoje eu grito..

"Livrai-me de tudo que trava o riso!"
 O dia que eu coloquei meu passarinho no dedo, levei ele pra rua e ele não quis ir embora, mesmo podendo voar, eu entendi o que é liberdade . É querer estar junto mesmo com milhares de outras possibilidades lá fora . É poder ir e querer ficar...

quarta-feira, 20 de julho de 2011

-insucesso de uma esperança,desilusão, desengano..decepção mata?

Seus princípios enfraquecidos te cobram uma atitude e você cobra a coragem. Seus olhos pesam e seu coração já bate fraco. De tanto que bateu a vida inteira. De tanto chorar amor e fracassos. De tanto chorar pelo leite derramado você decide que se entender é complicado demais..

-"Quantas esquinas eu ainda vou precisar dobrar até você estar lá?"

Eu quero andar de mãos dadas com quem sabe que entrelaçar os dedos é mais do que um simples ato que mantém mãos unidas. É uma forma de trocar energia, de dizer: - Você não se enganou, eu estou aqui. Porque por mais que os obstáculos nos desafiem, o que realmente permanece costuma vir de quem não tem medo de ficar.

-"Cuidado com o que desejas!"

Quando eu olho para você eu estou em casa, eu me sinto em casa. 

- love and other drugs

O veneno só faz mal quando a gente engole!

- "a melody, a memory or just one picture"


- cores pra enfeitar..

Porque, na verdade, o que eu levo aqui dentro é maior que tudo. É maior porque é do bem e vem fresquinho. Eu vivo mesmo é de claridades e não vai ser qualquer gentinha à toa que vai enfraquecer minha fé na vida e minha vontade de sorrir pro mundo .

- always better together.

"Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei."

(...)your smile, your kiss, you! You make me feel so good and i want to be with you for a long time, or just for one more day. 

- Before you know, Awake

“Porque a força de dentro é maior. Maior que todos os ventos contrários.”

- true

NÃO TEM QUE SER PERFEITO,
TEM QUE SER VERDADEIRO.

terça-feira, 19 de julho de 2011

. .que seja doce

” Penso em ti e dentro de mim estou completo.” (Alberto Caeiro)
... Que seja doce o seu cheiro. Que seja doce o seu jeito, seus olhares, seu receio(...)

domingo, 17 de julho de 2011

- Quem semeia ventos colhe tempestades.

‎Meu Deus, afasta de mim os venenos diários de quem não acrescenta, só diminui.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

-O amor não acaba.

Tira o tênis, estamos caminhando sobre nuvens. A gente não pode ouvir nada daqui de cima, além dos nossos sussurros. E, mesmo quando escurece, a gente sabe que não importa para onde a gente aponte. Vai ser sempre céu, e seremos sempre nós.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

- be happy ?

E na verdade, eu tenho muito medo de dizer que estou feliz. Vai que tudo desmorona de novo?

segunda-feira, 4 de julho de 2011

-overcoming

O tempo passa . O fôlego retorna . Parece milagre, mas as sementes de cura começam a florescer nos mesmos jardins onde parecia que nenhuma outra flor brotaria . A alma é sábia : Enquanto achamos que só existe dor, ela trabalha, em silêncio, para tecer o momento novo . E ele chega

-uníssono

‎'' Você é tão errado e cheio de estragos. E me peguei olhando pra tudo isso e amando tanto, tanto, tanto. Como se nada mais no mundo fosse tão bonito ou correto, ou mesmo perfeito, porque perfeito é o que não tem mesmo cabimento. ''

sábado, 2 de julho de 2011

Caio Fernando Abreu, falando por mim, sempre.

Dei meu coração de bandeja. Sim, sonhei com casinhas, jardins e filhos lindos correndo atrás de mim. Mas tudo está bem agora, eu digo: agora. Houve uma mudança de planos e eu me sinto incrivelmente leve e feliz. Descobri tantas coisas. Tantas, Tantas. Existe tanta coisa mais importante nessa vida que sofrer por amor. Que viver um amor. Tantos amigos. Tantos lugares. Tantas frases e livros e sentidos. Tantas pessoas novas. Indo. Vindo. Tenho só um mundo pela frente. E olhe pra ele. Olhe o mundo! É tão pequeno diante de tudo o que sinto. Sofrer dói. Dói e não é pouco. Mas faz um bem danado depois que passa. Descobri, ou melhor, aceitei: eu nunca vou esquecer o amor da minha vida. Nunca. Mas agora, com sua licença. Não dá mais para ocupar o mesmo espaço. Meu tempo não se mede em relógios. E a vida lá fora, me chama.

- strange

"Não podia ter havido dois corações tão sinceros, nem gostos tão semelhantes, nem sentimentos tão em uníssono ou rostos tão amados. Agora era como se fossem estranhos, não, pior que estranhos, porque nunca se conheceriam. Seriam estranhos para sempre"

Jane Austen

Fernanda Mello - Crônicas Digitais : Amar é Punk

Setenta e sete dias.

Eu te amo de um jeito inexplicável, mas certo. Porque encontrei em você a fuga de tantos medos, a cura da minha eterna melancolia e o fim de uma incerta nostalgia que eu nem sabia por que existia. Às vezes fico pensando se isso acontece com todos os apaixonados, mas não gostaria que fosse assim. Sinto algo tão especial, tão único por ti que não gostaria de dividir algo, assim, tão forte, com o que se chama de amor pelas ruas. Sabe aquele tipo “te amo hoje” e “te odeio amanhã”? Não quero isso pra gente. Porque eu não consigo enxergar um futuro sem nós, não enxergo um dormir ou um despertar sem pensar em você. Eu simplesmente te enxergo em tudo e é isso que tem me dado forças pra vencer e seguir. Não quero parecer dramática, muito menos exagerada. Apenas estou tentando expressar o que a sua existência provoca dentro de mim.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

sessenta e nove dias..

por que pode não ser hoje, nem amanhã, semana que vem, mês que vem, ano que vem.. mas eu sei que tudo vai dar certo.
Tinha esquecido do perigo que é colocar o seu coração nas mãos do outro e dizer: toma, faz o que quiser.

terça-feira, 21 de junho de 2011

-Tudo que uma garota quer ouvir..

Quero você aqui comigo, com ou sem roupa. Com sorrisos e bicos. Quero cuidar de você, sem ao menos você pedir. Quero beijos intermináveis . Os mais apertados abraços. Se você se sentir triste e assustada, vou segurar sua mão forte até você perceber que não esta sozinha. Vou me jogar na frente de qualquer mal que ousar se aproximar de você. E se alguém te der um motivo para chorar, vou te dar mil motivos para sorrir...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

- sessenta e um dias.

Sabe qual é meu sonho secreto? Que um dia você perceba que poderia ter aproveitado melhor a minha companhia.


(...) Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais...

segunda-feira, 13 de junho de 2011

cinquenta e oito dias

sinceramente? não sei por que duas pessoas que se amam, não ficam juntas!


...talvez amem mais a si próprio

quinta-feira, 9 de junho de 2011

CINQUENTA e quatro dias =)

Se você tivesse chegado antes, eu não teria notado. Se demorasse um pouco mais, eu não teria esperado. Você anda acertando muita coisa, mesmo sem perceber. Você tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia. Mas já que você chegou no momento certo, vou te pedir que fique. Mesmo que o futuro seja de incertezas, mesmo que não haja nada duradouro prescrito pra gente. Esse é um pedido egoísta, porque na verdade eu sei que se nada der realmente certo, vou ficar sem chão. Mas por outro lado, posso te fazer feliz também. É um risco. Eu pulo, se você me der a mão.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

- Quarenta e sete dias

Aos poucos..bem pouco, fui deixando de gostar de você . fui de passo em passo pra evitar uma queda maior.. comecei amenizando aos poucos a dor que sentia por não te ter...depois mudei minha trilha sonora. aos poucos fui me despedindo de você e de mim mesmo...Fui caminhando devagar fazendo cada coisa na hora certa. Mais tarde eliminei da minha mente todos meus pensamentos e desejos por você.Depois de certo tempo ousei ir mais longe..tentei viver sem você e aos poucos, percebi que nada adiantava, aprendi que com o tempo a dor se torna suportável. Enxuguei minhas lágrimas e em cima da minha tristeza eu construí minha alegria, do inferno fiz meu paraíso e o meu sorriso trincando eu refiz pedaço por pedaço. 

terça-feira, 24 de maio de 2011

- Trinta e nove dias;-

Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito. Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim

segunda-feira, 23 de maio de 2011

- catching big illusions


E foi assim, meio sem querer meio já desejando ter, que fui me deixando envolver, que fui sendo preenchido de você, quando dei por mim da imaginação a palpitação, tudo trasbordava você. Tudo me fazia desejar você.
Então meio sem saber, me peguei desejando ser amor, desejando corresponder aos “eu te amo” que você tão facilmente me dizia, quando intimo eu te roubava o ar.

sábado, 14 de maio de 2011

-vinte e nove dias.-

quem se importa?, nessa nossa vida ninguém se importa com ninguém, e onde esta o sentido de viver?, no amor!, mais oque é o amor? , ele existe?. cansei de ficar de braços cruzados esperando que a minha felicidade chegue até mim, mais cansei de correr atras dela e ela só me vira as costas; não devemos desistir, mais hoje eu penso em desistir da razão da minha vida, da pessoa que eu mais amei e ainda amo, a pessoa que pensei que tinha do meu lado pra tudo, a qualquer hora, pra qualquer momento, só ilusão! desisti do sentido da minha vida, pois cansei de sofrer em vão.
Nunca fui de desistir facil, oque aconteceu? um choque da vida. passei a duvidar se o amor existe, mais sim ele existe, eu sou a prova disso, pois eu te amei do jeito mais sincero que alguém poderia amar e ainda amo!. eu não posso desistir, eu sei que vou encontrar muitas barreiras nesse caminho e por toda minha vida encontrarei, pois não é de hoje que o destino vem me pregando peças desse quebra-cabeça sem fim, é onde vem o sentido de viver. até que ponto eu iria ou oque faria para lutar pela minha felicidade e defender a quem mais amo?; é eu ainda sou capaz de enfrentar tudo e todos pela minha felicidade, e iria até o inferno se presciso fosse para poder estar ao seu lado, mais paro pra pensa e vejo se tudo vai valer a pena. 
eu te amei do jeito mais lindo, do jeito mais verdadeiro que alguem poderia amar, foi o sentimento mais sincero de toda minha vida, eu enfrentei o mundo pra te ter do meu lado, e do que isso adiantou?, nada!, agora isso se basea em apenas: lembraças e saudade!

terça-feira, 10 de maio de 2011

-vinte e cinco dias.-

Olha, fique em silêncio. Eu gosto do teu silêncio. Mas também gosto de tuas palavras - acredite. Mas não vim aqui para te falar de ruídos - ou não - , estou aqui para te falar de céu, mar, estrelas - Ontem por incrível que pareça todos os lugares que pisei eu te procurei. Teus rastros ficaram por lá. O balançar de teus cabelos e esse teu jeito meio atacado de ser. Fiquei feliz em poder sentir tua falta, - a falta mostra o quão necessitamos de algo/alguém. É assim o nosso ciclo. Eu te preciso. Perto, longe, tanto faz. Preciso saber que tu está bem, se respira, se comeu ou tomou banho - com o calor que está fazendo neste verão, tome pelo menos uns três ao dia, e pense em mim, estou com calor também. Me faz bem pensar nessas atividades corriqueiras, que supostamente você está fazendo. Ah, e eu estou te esperando, com meu vestido curto, óculos escuros grandes e meu coração pulsando forte, e te abraçar até sentir o mundo girar apenas para nós. É, eu gosto muito de ti.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

-to be continued

Hoje eu descobri que tua ausência ainda dói, e o tempo que passou não me serviu como remédio. E a minha paciência foi inútil e todo desapego incompetente. Eu me desvencilhei de livros, cartas, bilhetes e me desmemoriei por algum tempo...Quis tanto ter você, depois silêncio. Mas nessa tarde estranha só vem tua falta à tona, e eu desamarro um pranto tão antigo…Desculpa essas palavras com cara de choro: mas ainda há reticências... Ainda há você em mim.

-vinte e quatro dias.-

você ainda mexe comigo, abala meus sentimentos, brinca nos meus sonhos.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

- dezessete dias-

As vezes por mais que tudo esteja na minha frente, eu não consigo enxergar, e podem falar o que for, dificilmente minha opinião sobre algo muda, a não ser que me afete, mas tem que afetar muito, doer, sangrar, ai consigo ver tudo com mais clareza, fico me embebedando de sonhos e ilusões, acabando no fim da noite com os olhos inchados abraçando o travesseiro. Sempre caindo na mesma armadilha, até mesmo quando acho que vesti minha armadura, quando acho que algumas coisas mudaram..é, certas coisas não mudam. Não sei, talvez o amor seja algo clichê demais, e isso não faz parte do meu ser...é um ciclo vicioso, você sempre acha que nunca vai amar alguém tanto quanto ama aquela pessoa do momento, e de repente encontra um alguém que te faz um bem do caralho, que faria tudo pra ver um sorriso seu, que faz de tudo só pra ouvir sua voz.. ai você se lembra que ninguém é perfeito e fica com medo de descobrir a imperfeição dessa pessoa. medo, não medo de amar, é medo de sofrer de novo e de novo .. expliquei o ciclo vicioso!? Loucura é fazer a mesma coisa repetitivamente, e esperar resultados diferentes.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

- ♥ preeeto

Eu sei, às vezes você deve me odiar quando eu não digo tudo que você quer ouvir. Eu penso em tanta coisa ao mesmo tempo, que eu acabo não sabendo o que te dizer. Não sei por onde começo, não sei como terminar depois. E eu acabo sempre do mesmo jeito… olhando pra você e sorrindo. É inevitável . Como se você não soubesse disso. 

terça-feira, 19 de abril de 2011

- eternas reticências

eu não sou um lobo na pele de cordeiro mas talvez você encontre o cordeiro dentro de mim

-Blog, sem você eu não saberia me expressar melhor!

E os dias vão se passando, mil e um pensamentos fazem um filme em minha cabeça, consciência gritando, inalação passiva ou ativa da fumaça de cigarro, de repente o meu mundo desaba e meu tudo vira nada.. "me deixou partir", não era o esperado, talvez por esperar muito das pessoas, esquecemos que são seres humanos, repletos de imperfeições..não te culpo pela incapacidade da minha pineal em produzir melatonina resultando em noites de insônia. me culpo por-ter-sido-totalmente-insuficiente-e-substituível; Tem dias que desacredito em mim, desacredito no amor sem limites, em amizades verdadeiras, desacredito em tudo o que você acredita, desacredito na vida, hoje. desacredito, simplesmente. que força é essa que a distância exerce sobre as pessoas? é difícil entender que eu preciso de você na mesma proporção que preciso de oxigênio para respirar!? você me causa a perda de capacidade respiratória e uma oxigenação insuficiente...pensei que não seria capaz de viver sem você, meu amado oxigênio, e aqui estou eu, renascendo a cada dia, por que sei que a vida continua, e se entregar é uma bobagem.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

----------Desativado.

Não consigo escrever desde o dia que me desapaixonei de você.

But though you're still with me .. I've been alone all along

-if you don't put in the effort, why should i?

Não tem chocolate, bebida, cigarro, música, exposição no CCBB, compras desnecessárias ou companhia que dê um jeito na minha mente quando tenho que ficar sozinha. Nada do que eu faça consegue limpar os pensamentos que invadem minha cabeça na hora de dormir, na hora de acordar ou na hora em que eu tenho que viver. Porque, né, a gente tem que viver 24 horas por dia mesmo... Não é bem o que eu quero, mas é o que tem pra hoje. Ruim. Ruim demais você achar que conhece alguém mas não entender as atitudes (ou a falta de). Ou talvez eu entenda, só não consiga acreditar que é dessa maneira, que é assim que tudo esteja acontecendo.Outra merda é ser uma pessoa que se apega aos detalhes. Sabe, você pode contratar uma banda e me mandar cinquenta e sete buquês de flores e me dar uma fábrica de chocolate de presente, mas se fizer uma coisinha, assim, pequenininha, mas que conquiste meu coração, eu nunca, nunca vou esquecer. E vai ser sempre naquela coisinha que eu vou pensar e que vai me fazer suspirar todas as vezes que eu lembrar de algo especial pra mim. Assim como se fizer algo de ruim pra mim, algo que às vezes nem a pessoa que fez percebe que fez, eu nunca vou esquecer. E vou definhar pensando nessa merda.
Aí fica todo mundo tentando me animar. Um amor mesmo. Mas assim, DEIXA EU FICAR NA MERDA UM POUQUINHO, porra! Acho necessário.
Não dá pra ficar 8 mêses vivendo de uma forma, tudo ruir meio que de repente e uma semana depois você ficar supimpão. Surreal achar que em sete dias eu vou conseguir me recuperar de  duzentos e vinte e quatro. Pô, deixa eu ficar com os olhos vermelhos, dois dias sem comer e criar uma playlist entitulada "fossa". É o meu momento! Meu momento ridículo de dor de corno. Depois eu volto com as besteiras habituais.

"Ainda bem que sempre existe outro dia. E outros sonhos. E outros risos. E outras coisas.E outras pessoas. E outros amores"

- oh meu bem

ACREDITE NO FINAL FELIZ.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

-Marla de Queiroz

"Hoje eu tive uma das experiências mais fortes da minha vida. Não havia nada além de um espelho e palavras que eu dizia pros outros, mas tive que me dizer olhando nos olhos mais tristes que já tive. Minha voz tava embargada, mas meu coração tinha certeza do que dizia. Minha fisionomia mudou, e eu consegui gargalhar novamente por ser exatamente como quem estou me tornando. 
Eu estava me fazendo muita falta."
(...) "Vou ensinar o que agorinha eu sei, demais: é que a gente pode ficar sempre alegre, alegre, mesmo com toda coisa ruim que acontece acontecendo. A gente deve de poder ficar então mais alegre, mais alegre, por dentro!"


terça-feira, 12 de abril de 2011

-Não é a dor que quero entender (essa dói e pronto)

Acredite sempre no amor.
Não fomos feitos para a solidão.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

- oi.

Achei isso em um blog, e achei digno postar aqui !! (:
________________________________________

Estou machucado,

Entre risadas e conversas. Piadas e festas, poucos podem vir a perceber, mas a verdade é que estou machucado. Meu coração ainda sangra. Ainda dói. Ando por aí, vivo minha vida, mas ainda existe dentro de mim algo que me corrói. Não queria ser assim. Não queria estar assim. Mas sou e estou. Dou um tempo pra mim, tento ficar quieto no meu canto. Mas às vezes é impossível. A vida não perdoa. A vida te quer ali. Firme. Vivo. Forte. Apenas vivendo. Então, me permito. Conheço pessoas. Tento fazer novos amigos. Sei que não sou um cara fácil, mas também sei que não sou apenas alguém difícil. E em meio a palavras e escritos, conheci essa garota. Ela é tão bacana. Gosto tanto dela, mas no fundo não queria que ela soubesse. Tenho medo que ela saiba. Tenho medo que ela se envaideça e que do nada, se canse e venha pedir pra mim que eu a esqueça. É... Complicado.

Essa garota tem um sorriso que me encanta, que me motiva, que faz meu peito se encher de alegria. Mas essa garota, essa mesma garota, também me trás lembranças de coisas que eu não queria. Ela não tem nada a ver com isso. E no fundo eu espero que ela entenda, mas pra mim é complicado. Não por que eu seja um problemático pedante, traumatizado com algo que me ocorreu; e sim por que, essa facada que recebi, dói e doeu. E por mais que eu brinque, cante, pule e sorria, eu ainda estou machucado. Queria tanto que essa garota entendesse isso. Queria tanto que ela soubesse que ser grosso, estúpido ou ríspido com ela, não é por que realmente quero ser e sim por que rola um medo e uma insegurança enorme de ser com ela o que eu realmente sei, posso e quero ser. Mas as coisas se confundem. Meu coração aperta. Sinto uma fraqueza nos ombros, um peso nas costas, o colorido fica opaco, e o cara carinhoso, parece um carrasco.

É... Eu ainda estou machucado. Sei que ninguém tem nada a ver com isso e não peço pra que ninguém me entenda ou me aceite. Tenho optado por ficar na minha. Calado tentando viver daquilo que espero que possa vir a ser meu deleite. Mas de vez em quando, tenho vontade de gritar pra todo esse bando de curiosos que enchem meu saco, que apenas me respeitem! Sou apenas um cara machucado, que anda pelas ruas sangrando por dentro, tento encontrar qualquer porto seguro que possa servir como uma ajuda pra todo esse lamento. Não peço que me entendam. Não peço que me aceitem. Mas pra essa garota, ah, pra essa garota tenho vontade de pedir tantas coisas. Mas não peço. Me calo. Me nego. Ela é feliz e colorida demais. Não merece e não precisa do peso da tristeza complexa que carrego no meu peito. Tem dias que queria apenas ir embora e sair o mais rápido de perto dela o possível; mas como faço isso, se aquele sorriso me atinge como se viesse em forma de um míssil e quando explode, parece que meu coração solta fogos de artifício iluminando todo o céu, desse meu estado de ser complicado, perturbador e difícil?

Olha, garota, eu sei que já te magoei. Sei que já te entristeci. Sei que já te disse coisas que você não merecia ouvir. Não peço que me desculpe, nem peço que me entenda. Apenas queria que se colocasse no meu lugar e tentasse sentir esses parafusos que seguram a porta blindada do meu coração, e que ao invés de ficar batendo nela, você tentasse desparafusá-la com sua chave de fenda mágica e colorida que você sabe que tem. Não devia me importar em te dizer isso. Talvez devesse te mandar pra PQP e sair fora. Mas sabe garota, tem algo em você que me puxa, que me atrai. E tem algo em mim que te puxa, te atrai. Sei que entre nós dois, existe um outro alguém; talvez se não existisse eu não teria levantado uma guarda alta nos últimos dias. Mas sabe o que é garota? Deu vontade de você. Deu vontade de roubar você e te levar embora. Mas aí, eu percebi que já existe esse outro alguém te esperando lá fora e de que nada adianta, eu escrever palavras bonitas e coloridas; sendo que você já tem outro alguém? É confuso e estranho dizer isso; mas bate uma dorzinha. Poderia ser eu. Poderia ter sido eu. Mas talvez eu tenha chegado tarde demais.

Não, garota. Eu não amo você. Também não estou apaixonado; mas a gente sabe que entre nós dois rola esse lance doce, intenso, meio melado e ácido que nos cola e nos solta em meio a palavras que, tentam disfarçar esse querer claro. Mas deixa isso pra lá. O que você não pode eu não vou te pedir. Não é isso que diz a música? Mas só queria que você soubesse garota, é que ando assim, estranho, torto, triste, ríspido, grosso, não é por nada que você tenha me feito não, é por que estou machucado. Por mais que eu ria e por muitas vezes pareça um palhaço, esse cara aqui, que se ajoelha, te trás algumas rosas roubadas e assume que gosta de você; está ferido, está cansado, anda quase caindo, por que por mais que ele sorria, ria e não demonstre... Ele ainda está e permanece muito machucado.

domingo, 10 de abril de 2011

-nos abraçamos

.. bem forte a noite inteira..tudo está sempre certo quando estou sozinho com você. ficar sozinho com você no final do dia..com apenas você em vista, enquanto a tarde se vai. Isso só vai mostrar que enquanto os prazeres da vida são poucos, o único que eu conheço é quando eu estou sozinho com você. Dizem que a noite é o momento certo para ficar com quem você ama. Muitos pensamentos ficam no caminho durante o dia, mas é sempre em você que estou pensando.
"Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
Sou minha mãe e minha filha,
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha e não de quem quiser"

sábado, 9 de abril de 2011

-Sou forte mas eu me quebro

.. sou teimosa e erro bastante, eu sou difícil e a vida comigo nunca é fácil. Para entender, para amar, estou entediada mas tão amável. Tudo que você tem que fazer é me abraçar e você vai saber e você vai ver o quão doce pode ser se você confiar em mim, me ame, permita-me. Talvez, talvez um dia quando estivermos no mesmo lugar, quando estivermos na mesma estrada, quando não houver problema em segurar minha mão, sem nos sentirmos perdido, sem todas as desculpas, quando for só porque você me ama, você me permite, você precisa de mim, talvez, talvez, tudo que você tem que fazer é me abraçar e você vai saber, e você vai ver o quão doce pode ser se você confiar em mim
O que você está fazendo? Um relicário imenso desse amor

sexta-feira, 8 de abril de 2011

-Quando você sorri

..eu me derreto por dentro, eu não mereço um minuto de seu tempo, eu realmente desejo que fossemos só eu e você..eu tenho ciúmes de todos na sala. Por favor, não olhe para mim com esses olhos, por favor, não indique que você é capaz de mentiras, eu tenho medo de pensar em nosso primeiro beijo.. Vamos lá, não espere, a noite está quase acabando..honestamente, vamos fazer com que esta noite dure pra sempre, para todo o sempre. 

O que está acontecendo? Eu estava em paz quando você chegou
.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

-Eu irei me lembrar de você

... quando tiver esquecido do resto, você para mim foi verdadeira, você para mim foi a melhor..quando não existe mais, você foi até o fundo mais rápido do que qualquer uma que eu conheci. Quando eu estiver totalmente só no grande desconhecido eu irei me lembrar de você. eu irei me lembrar de você no final do caminho...eu tinha tanta coisa para fazer, eu tinha tão pouco tempo para falhar.. existem certas pessoas que você não esquece, mesmo que você só a tenha visto uma ou duas vezes...quando as rosas sumirem e eu estiver nas sombra, eu vou lembrar de você. eu não tentei, eu não tentei te amar? eu não tentei, eu não tentei me importar ?eu não dormi, eu não chorei ao seu lado com a chuva soprando no seu cabelo? Eu irei me lembrar de você quando o vento soprar através dos pinheiros, foi você que veio direto, foi você que entendeu embora eu nunca tenha dito, que eu fiz tudo da maneira que você gostaria que eu fizesse..no final minha querida e doce amiga eu irei me lembrar de você
Mas o que eu sei é que não fui destinada
A andar nesse mundo sem você

terça-feira, 5 de abril de 2011

- infinite love

Porque eu sei que é amor, eu não peço nada em troca.
porque eu sei que é amor, eu não peço nenhuma prova
mesmo que você não esteja aqui..o amor está aqui
mesmo que você tenha que partir,o amor não há de ir embora
eu sei que é pra sempre, enquanto durar
e eu peço somente o que eu puder dar


porque eu sei que é amor, sei que cada palavra importa
porque eu sei que é amor..sei que só há uma resposta.

que seja eterno enquanto dure


sábado, 2 de abril de 2011

reflections of a skyline

E eu quero brincar de esconde-esconde, te emprestar minhas roupas, dizer que amo seus sapatos, sentar na escada enquanto você toma banho, e massagear seu pescoço. E beijar seu rosto, segurar sua mão e sair pra andar. Não ligar quando você comer minha comida, e te encontrar numa lanchonete pra falar sobre o dia. Falar sobre o seu dia e rir da sua, sua paranóia. E te dar fitas que você não ouve, ver filmes ótimos, ver filmes horríveis. E te contar sobre o programa de TV que assisti na noite anterior e não rir das suas piadas. Te querer pela manhã, mas deixar você dormir mais um pouco. Te dizer o quanto adoro seus olhos, seus lábios, seu pescoço, seus peitos, sua bunda. Sentar na escada, fumando, até seus vizinhos chegarem em casa, sentar na escada, fumando, até você chegar em casa. Me preocupar quando você está atrasado, e me surpreender quando você chega cedo. E te dar girassóis e ir à sua festa e dançar. Me arrepender quando estou errado e feliz quando você me perdoa. Olhar suas fotos e querer ter te conhecido desde sempre. Ouvir sua voz no meu ouvido, sentir sua pele na minha pele, e ficar assustada quando você se irrita. Eu digo que você está linda, e te abraçar quando você estiver aflita, e te apoiar quando você estiver magoada, te querer quando te cheiro, e te irritar quando te toco e choramingar quando estou ao seu lado. E choramingar quando não estou. Debruçar-me no seu peito, te sufocar de noite e sentir frio quando você puxa o cobertor e sentir calor quando você não puxa. Me derreter quando você sorri, me desarmar quando você ri. Mas não entender como você pode achar que estou rejeitando você quando eu não estou te rejeitando, e pensar como você pôde pensar que eu te rejeitaria. E me perguntar quem você é, mas te aceitar do mesmo jeito. E te contar sobre o “tree angel”, “o menino da floresta encantada” que voou todo o oceano porque ele te amava. Comprar presentes que você não quer e devolvê-los denovo. E te pedir em casamento, e você dizer “não” denovo mas continuar pedindo, porque embora você ache que não era de verdade mas sempre foi sério, desde a primeira vez que pedi. Ando pela cidade pensando. É vazio sem você mas eu quero o que você quiser e penso. Estou me perdendo, mas vou contar o pior de mim e tentar dar o melhor de mim porque você não merece nada menos que isso. Responder suas perguntas quando prefiro não responder, e dizer a verdade mesmo que eu não queira, e tentar ser honesto porque sei que você prefere. E achar que tudo acabou, espera só mais dez minutos antes de me tirar da sua vida. Esquecer quem eu sou e me deixar tentar chegar mais perto de você. E de alguma forma, de alguma forma, de alguma forma compartilhar um pouco do irresistível, imortal, poderoso, incondicional, envolvente, enriquecedor, agregador, atual, infinito amorque eu tenho por você.


-A gente vai sempre

... dormir com aquela vontade de fazer diferente no outro dia, de arriscar e sair da rotina. Planos, desejos e sonhos adormecem junto com o nosso sono. Então, no outro dia, com a rotina e tantos problemas, esquecemos de tudo aquilo que prometemos para nós mesmos antes de dormir. Arriscar não é uma tarefa fácil, requer coragem e confiança. Quer uma dica? As pequenas mudanças atraem as grandes. Pequenas atitudes, como um simples sorriso, podem mudar toda a sua vida. Não deixe que o que acontece aqui fora estrague o que reluz aí dentro. As pessoas não precisam te entender. Você precisa. Nós nunca descobriremos o que vem depois da escolha, se não tomarmos uma decisão. Por isso, entenda os seus medos, mas jamais deixe que eles sufoquem os seus sonhos. Siga o coelho. Não tenha medo de entrar nos lugares onde você acha que não cabe. O mundo mágico da felicidade e do amor só existirão se você acreditar neles. Escute sempre a Alice que existe dentro de você. 
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

-O meu mundo


... não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que nem eu mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que tem saudade... sei lá de quê!
 ( Florbela Espanca. )


Procures me amar quando menos mereço, pois é quando mais preciso.

quinta-feira, 31 de março de 2011

-Saudade...

.. é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.


Sei que não há mais ninguém que possa me preencher
.

quarta-feira, 30 de março de 2011

- Lenine

(...) a vida é tão rara."E a gente ainda tem tempo,
embora não saiba quanto, pra sentir com mais nitidez
o que isso significa e possibilita. Para tentar, cada
instante mais um pouquinho, realçar o desenho da
nossa história com os tons mais amorosos e pacíficos
da nossa caixa de lápis de cor.
Há que se ter gentileza e paciência,
dever de casa do coração pra toda hora.
Muita paciência, a começar com nós mesmos.

"te amo, não somente pelo que és, mas pelo que sou quando estou contigo. te amo, porque puseste a mão pela minha alma e passaste por debaixo de minhas fraquezas e com teu amor fizeste sair à luz toda a beleza que ninguém antes de ti conseguiu encontrar."


terça-feira, 29 de março de 2011

-Nunca pensei


... que eu poderia chegar tão alto, nunca pensei que você iria foder com o meu cérebro, nunca pensei que isso tudo poderia acabar, nunca pensei que você iria quebrar as correntes.
Então antes que meu dia termine, lembre-se: você é o único.
Nada a fazer, quando algo nos faz falta precisamos preencher esse vazio. Só que, quando o que faz falta é o amor, não há nada que verdadeiramente seja suficiente.

segunda-feira, 28 de março de 2011

- Amigo...

Difícil querer definir amigo..Amigo é quem te dá um pedacinho do chão, quando é de terra firme que você precisa, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta.
Amigo é mais que ombro amigo, é mão estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas.
É quem tentou e fez, e nao tem o egoísmo de não querer compartilhar o que
aprendeu. É aquele que cede e nao espera retorno, porque sabe que o ato de compartilhar um instante qualquer contigo já o realimenta, satisfaz. É quem já sentiu ou um dia vai sentir o mesmo que você. É a compreensao para o seu cansaço e a insatisfação para a sua reticência.

É aquele que entende seu desejo de voar, de sumir devagar, a angústia pela compreensao dos acontecimentos, a sede pelo "por vir". É ao mesmo
tempo espelho que te reflete, e óleo derramado sobre suas águas agitadas. É quem fica enfurecido por enxergar seu erro, querer tanto o seu bem e saber que a perfeiçao é utopia. É o sol que seca suas
lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais seu sorriso.

Amigo é aquele que toca na sua ferida numa mesa de chopp, acompanha suas vitórias, faz piada amenizando problemas. É quem tem medo, dor, náusea, cólica, igualzinho a você. É quem sabe que viver é ter história pra contar. É quem sorri pra você sem motivo aparente, é quem
sofre com seu sofrimento, é o padrinho filosófico dos seus filhos. É o achar daquilo que você nem sabia que buscava.

Amigo é aquele que te lê em cartas esperadas ou não, pequenos bilhetes em sala de aula, mensagens eletrônicas emocionadas. É aquele que te
ouve ao telefone mesmo quando a ligaçao é caótica, com o mesmo prazer e atençao que teria se tivesse olhando em seus olhos. Amigo é
multimídia.

Olhos... amigo é quem fala e ouve com o olhar, o seu e o dele em sintonia telepática. É aquele que percebe em seus olhos seus desejos, seus disfarces, alegria, medo. É aquele que aguarda pacientemente e se entusiasma quando vê surgir aquele tao esperado brilho no seu olhar, e é quem tem uma palavra sob medida quando estes mesmos olhos estão amplificando tristeza interior. É lua nova, é a estrela mais
brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores que cabem todas na sua íris.


Amigo é aquele que te diz "eu te amo" sem qualquer medo de má interpretação : amigo é quem te ama "e ponto". É verdade e razão, sonho e sentimento. Amigo é pra sempre, mesmo que o sempre não exista.