Quem sou eu

Minha foto
Ela era a última menina sozinha daquela cidade. Sarah, dezessete anos, filha de pais separados, um metro e sessenta e dois centímetros de drama, sorrisos e amores. Com cabelos na altura do seu ombro. E ela adorava se comparar a Capitu, a personagem de Machado de Assis. sábado, 07 de agosto de 2010 ____________________ Engraçado, a última vez que editei essa descrição eu tinha dezessete, hoje tenho vinte e um, continuo com a mesma altura, cresci só espiritualmente! Ah! Meus cabelos também cresceram, e não me sinto tão sozinha quanto antes, e eu ainda tenho um coração maior que o mundo. 26/07/2013

sexta-feira, 29 de abril de 2011

- ♥ preeeto

Eu sei, às vezes você deve me odiar quando eu não digo tudo que você quer ouvir. Eu penso em tanta coisa ao mesmo tempo, que eu acabo não sabendo o que te dizer. Não sei por onde começo, não sei como terminar depois. E eu acabo sempre do mesmo jeito… olhando pra você e sorrindo. É inevitável . Como se você não soubesse disso. 

terça-feira, 19 de abril de 2011

- eternas reticências

eu não sou um lobo na pele de cordeiro mas talvez você encontre o cordeiro dentro de mim

-Blog, sem você eu não saberia me expressar melhor!

E os dias vão se passando, mil e um pensamentos fazem um filme em minha cabeça, consciência gritando, inalação passiva ou ativa da fumaça de cigarro, de repente o meu mundo desaba e meu tudo vira nada.. "me deixou partir", não era o esperado, talvez por esperar muito das pessoas, esquecemos que são seres humanos, repletos de imperfeições..não te culpo pela incapacidade da minha pineal em produzir melatonina resultando em noites de insônia. me culpo por-ter-sido-totalmente-insuficiente-e-substituível; Tem dias que desacredito em mim, desacredito no amor sem limites, em amizades verdadeiras, desacredito em tudo o que você acredita, desacredito na vida, hoje. desacredito, simplesmente. que força é essa que a distância exerce sobre as pessoas? é difícil entender que eu preciso de você na mesma proporção que preciso de oxigênio para respirar!? você me causa a perda de capacidade respiratória e uma oxigenação insuficiente...pensei que não seria capaz de viver sem você, meu amado oxigênio, e aqui estou eu, renascendo a cada dia, por que sei que a vida continua, e se entregar é uma bobagem.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

----------Desativado.

Não consigo escrever desde o dia que me desapaixonei de você.

But though you're still with me .. I've been alone all along

-if you don't put in the effort, why should i?

Não tem chocolate, bebida, cigarro, música, exposição no CCBB, compras desnecessárias ou companhia que dê um jeito na minha mente quando tenho que ficar sozinha. Nada do que eu faça consegue limpar os pensamentos que invadem minha cabeça na hora de dormir, na hora de acordar ou na hora em que eu tenho que viver. Porque, né, a gente tem que viver 24 horas por dia mesmo... Não é bem o que eu quero, mas é o que tem pra hoje. Ruim. Ruim demais você achar que conhece alguém mas não entender as atitudes (ou a falta de). Ou talvez eu entenda, só não consiga acreditar que é dessa maneira, que é assim que tudo esteja acontecendo.Outra merda é ser uma pessoa que se apega aos detalhes. Sabe, você pode contratar uma banda e me mandar cinquenta e sete buquês de flores e me dar uma fábrica de chocolate de presente, mas se fizer uma coisinha, assim, pequenininha, mas que conquiste meu coração, eu nunca, nunca vou esquecer. E vai ser sempre naquela coisinha que eu vou pensar e que vai me fazer suspirar todas as vezes que eu lembrar de algo especial pra mim. Assim como se fizer algo de ruim pra mim, algo que às vezes nem a pessoa que fez percebe que fez, eu nunca vou esquecer. E vou definhar pensando nessa merda.
Aí fica todo mundo tentando me animar. Um amor mesmo. Mas assim, DEIXA EU FICAR NA MERDA UM POUQUINHO, porra! Acho necessário.
Não dá pra ficar 8 mêses vivendo de uma forma, tudo ruir meio que de repente e uma semana depois você ficar supimpão. Surreal achar que em sete dias eu vou conseguir me recuperar de  duzentos e vinte e quatro. Pô, deixa eu ficar com os olhos vermelhos, dois dias sem comer e criar uma playlist entitulada "fossa". É o meu momento! Meu momento ridículo de dor de corno. Depois eu volto com as besteiras habituais.

"Ainda bem que sempre existe outro dia. E outros sonhos. E outros risos. E outras coisas.E outras pessoas. E outros amores"

- oh meu bem

ACREDITE NO FINAL FELIZ.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

-Marla de Queiroz

"Hoje eu tive uma das experiências mais fortes da minha vida. Não havia nada além de um espelho e palavras que eu dizia pros outros, mas tive que me dizer olhando nos olhos mais tristes que já tive. Minha voz tava embargada, mas meu coração tinha certeza do que dizia. Minha fisionomia mudou, e eu consegui gargalhar novamente por ser exatamente como quem estou me tornando. 
Eu estava me fazendo muita falta."
(...) "Vou ensinar o que agorinha eu sei, demais: é que a gente pode ficar sempre alegre, alegre, mesmo com toda coisa ruim que acontece acontecendo. A gente deve de poder ficar então mais alegre, mais alegre, por dentro!"


terça-feira, 12 de abril de 2011

-Não é a dor que quero entender (essa dói e pronto)

Acredite sempre no amor.
Não fomos feitos para a solidão.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

- oi.

Achei isso em um blog, e achei digno postar aqui !! (:
________________________________________

Estou machucado,

Entre risadas e conversas. Piadas e festas, poucos podem vir a perceber, mas a verdade é que estou machucado. Meu coração ainda sangra. Ainda dói. Ando por aí, vivo minha vida, mas ainda existe dentro de mim algo que me corrói. Não queria ser assim. Não queria estar assim. Mas sou e estou. Dou um tempo pra mim, tento ficar quieto no meu canto. Mas às vezes é impossível. A vida não perdoa. A vida te quer ali. Firme. Vivo. Forte. Apenas vivendo. Então, me permito. Conheço pessoas. Tento fazer novos amigos. Sei que não sou um cara fácil, mas também sei que não sou apenas alguém difícil. E em meio a palavras e escritos, conheci essa garota. Ela é tão bacana. Gosto tanto dela, mas no fundo não queria que ela soubesse. Tenho medo que ela saiba. Tenho medo que ela se envaideça e que do nada, se canse e venha pedir pra mim que eu a esqueça. É... Complicado.

Essa garota tem um sorriso que me encanta, que me motiva, que faz meu peito se encher de alegria. Mas essa garota, essa mesma garota, também me trás lembranças de coisas que eu não queria. Ela não tem nada a ver com isso. E no fundo eu espero que ela entenda, mas pra mim é complicado. Não por que eu seja um problemático pedante, traumatizado com algo que me ocorreu; e sim por que, essa facada que recebi, dói e doeu. E por mais que eu brinque, cante, pule e sorria, eu ainda estou machucado. Queria tanto que essa garota entendesse isso. Queria tanto que ela soubesse que ser grosso, estúpido ou ríspido com ela, não é por que realmente quero ser e sim por que rola um medo e uma insegurança enorme de ser com ela o que eu realmente sei, posso e quero ser. Mas as coisas se confundem. Meu coração aperta. Sinto uma fraqueza nos ombros, um peso nas costas, o colorido fica opaco, e o cara carinhoso, parece um carrasco.

É... Eu ainda estou machucado. Sei que ninguém tem nada a ver com isso e não peço pra que ninguém me entenda ou me aceite. Tenho optado por ficar na minha. Calado tentando viver daquilo que espero que possa vir a ser meu deleite. Mas de vez em quando, tenho vontade de gritar pra todo esse bando de curiosos que enchem meu saco, que apenas me respeitem! Sou apenas um cara machucado, que anda pelas ruas sangrando por dentro, tento encontrar qualquer porto seguro que possa servir como uma ajuda pra todo esse lamento. Não peço que me entendam. Não peço que me aceitem. Mas pra essa garota, ah, pra essa garota tenho vontade de pedir tantas coisas. Mas não peço. Me calo. Me nego. Ela é feliz e colorida demais. Não merece e não precisa do peso da tristeza complexa que carrego no meu peito. Tem dias que queria apenas ir embora e sair o mais rápido de perto dela o possível; mas como faço isso, se aquele sorriso me atinge como se viesse em forma de um míssil e quando explode, parece que meu coração solta fogos de artifício iluminando todo o céu, desse meu estado de ser complicado, perturbador e difícil?

Olha, garota, eu sei que já te magoei. Sei que já te entristeci. Sei que já te disse coisas que você não merecia ouvir. Não peço que me desculpe, nem peço que me entenda. Apenas queria que se colocasse no meu lugar e tentasse sentir esses parafusos que seguram a porta blindada do meu coração, e que ao invés de ficar batendo nela, você tentasse desparafusá-la com sua chave de fenda mágica e colorida que você sabe que tem. Não devia me importar em te dizer isso. Talvez devesse te mandar pra PQP e sair fora. Mas sabe garota, tem algo em você que me puxa, que me atrai. E tem algo em mim que te puxa, te atrai. Sei que entre nós dois, existe um outro alguém; talvez se não existisse eu não teria levantado uma guarda alta nos últimos dias. Mas sabe o que é garota? Deu vontade de você. Deu vontade de roubar você e te levar embora. Mas aí, eu percebi que já existe esse outro alguém te esperando lá fora e de que nada adianta, eu escrever palavras bonitas e coloridas; sendo que você já tem outro alguém? É confuso e estranho dizer isso; mas bate uma dorzinha. Poderia ser eu. Poderia ter sido eu. Mas talvez eu tenha chegado tarde demais.

Não, garota. Eu não amo você. Também não estou apaixonado; mas a gente sabe que entre nós dois rola esse lance doce, intenso, meio melado e ácido que nos cola e nos solta em meio a palavras que, tentam disfarçar esse querer claro. Mas deixa isso pra lá. O que você não pode eu não vou te pedir. Não é isso que diz a música? Mas só queria que você soubesse garota, é que ando assim, estranho, torto, triste, ríspido, grosso, não é por nada que você tenha me feito não, é por que estou machucado. Por mais que eu ria e por muitas vezes pareça um palhaço, esse cara aqui, que se ajoelha, te trás algumas rosas roubadas e assume que gosta de você; está ferido, está cansado, anda quase caindo, por que por mais que ele sorria, ria e não demonstre... Ele ainda está e permanece muito machucado.

domingo, 10 de abril de 2011

-nos abraçamos

.. bem forte a noite inteira..tudo está sempre certo quando estou sozinho com você. ficar sozinho com você no final do dia..com apenas você em vista, enquanto a tarde se vai. Isso só vai mostrar que enquanto os prazeres da vida são poucos, o único que eu conheço é quando eu estou sozinho com você. Dizem que a noite é o momento certo para ficar com quem você ama. Muitos pensamentos ficam no caminho durante o dia, mas é sempre em você que estou pensando.
"Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
Sou minha mãe e minha filha,
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha e não de quem quiser"

sábado, 9 de abril de 2011

-Sou forte mas eu me quebro

.. sou teimosa e erro bastante, eu sou difícil e a vida comigo nunca é fácil. Para entender, para amar, estou entediada mas tão amável. Tudo que você tem que fazer é me abraçar e você vai saber e você vai ver o quão doce pode ser se você confiar em mim, me ame, permita-me. Talvez, talvez um dia quando estivermos no mesmo lugar, quando estivermos na mesma estrada, quando não houver problema em segurar minha mão, sem nos sentirmos perdido, sem todas as desculpas, quando for só porque você me ama, você me permite, você precisa de mim, talvez, talvez, tudo que você tem que fazer é me abraçar e você vai saber, e você vai ver o quão doce pode ser se você confiar em mim
O que você está fazendo? Um relicário imenso desse amor

sexta-feira, 8 de abril de 2011

-Quando você sorri

..eu me derreto por dentro, eu não mereço um minuto de seu tempo, eu realmente desejo que fossemos só eu e você..eu tenho ciúmes de todos na sala. Por favor, não olhe para mim com esses olhos, por favor, não indique que você é capaz de mentiras, eu tenho medo de pensar em nosso primeiro beijo.. Vamos lá, não espere, a noite está quase acabando..honestamente, vamos fazer com que esta noite dure pra sempre, para todo o sempre. 

O que está acontecendo? Eu estava em paz quando você chegou
.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

-Eu irei me lembrar de você

... quando tiver esquecido do resto, você para mim foi verdadeira, você para mim foi a melhor..quando não existe mais, você foi até o fundo mais rápido do que qualquer uma que eu conheci. Quando eu estiver totalmente só no grande desconhecido eu irei me lembrar de você. eu irei me lembrar de você no final do caminho...eu tinha tanta coisa para fazer, eu tinha tão pouco tempo para falhar.. existem certas pessoas que você não esquece, mesmo que você só a tenha visto uma ou duas vezes...quando as rosas sumirem e eu estiver nas sombra, eu vou lembrar de você. eu não tentei, eu não tentei te amar? eu não tentei, eu não tentei me importar ?eu não dormi, eu não chorei ao seu lado com a chuva soprando no seu cabelo? Eu irei me lembrar de você quando o vento soprar através dos pinheiros, foi você que veio direto, foi você que entendeu embora eu nunca tenha dito, que eu fiz tudo da maneira que você gostaria que eu fizesse..no final minha querida e doce amiga eu irei me lembrar de você
Mas o que eu sei é que não fui destinada
A andar nesse mundo sem você

terça-feira, 5 de abril de 2011

- infinite love

Porque eu sei que é amor, eu não peço nada em troca.
porque eu sei que é amor, eu não peço nenhuma prova
mesmo que você não esteja aqui..o amor está aqui
mesmo que você tenha que partir,o amor não há de ir embora
eu sei que é pra sempre, enquanto durar
e eu peço somente o que eu puder dar


porque eu sei que é amor, sei que cada palavra importa
porque eu sei que é amor..sei que só há uma resposta.

que seja eterno enquanto dure


sábado, 2 de abril de 2011

reflections of a skyline

E eu quero brincar de esconde-esconde, te emprestar minhas roupas, dizer que amo seus sapatos, sentar na escada enquanto você toma banho, e massagear seu pescoço. E beijar seu rosto, segurar sua mão e sair pra andar. Não ligar quando você comer minha comida, e te encontrar numa lanchonete pra falar sobre o dia. Falar sobre o seu dia e rir da sua, sua paranóia. E te dar fitas que você não ouve, ver filmes ótimos, ver filmes horríveis. E te contar sobre o programa de TV que assisti na noite anterior e não rir das suas piadas. Te querer pela manhã, mas deixar você dormir mais um pouco. Te dizer o quanto adoro seus olhos, seus lábios, seu pescoço, seus peitos, sua bunda. Sentar na escada, fumando, até seus vizinhos chegarem em casa, sentar na escada, fumando, até você chegar em casa. Me preocupar quando você está atrasado, e me surpreender quando você chega cedo. E te dar girassóis e ir à sua festa e dançar. Me arrepender quando estou errado e feliz quando você me perdoa. Olhar suas fotos e querer ter te conhecido desde sempre. Ouvir sua voz no meu ouvido, sentir sua pele na minha pele, e ficar assustada quando você se irrita. Eu digo que você está linda, e te abraçar quando você estiver aflita, e te apoiar quando você estiver magoada, te querer quando te cheiro, e te irritar quando te toco e choramingar quando estou ao seu lado. E choramingar quando não estou. Debruçar-me no seu peito, te sufocar de noite e sentir frio quando você puxa o cobertor e sentir calor quando você não puxa. Me derreter quando você sorri, me desarmar quando você ri. Mas não entender como você pode achar que estou rejeitando você quando eu não estou te rejeitando, e pensar como você pôde pensar que eu te rejeitaria. E me perguntar quem você é, mas te aceitar do mesmo jeito. E te contar sobre o “tree angel”, “o menino da floresta encantada” que voou todo o oceano porque ele te amava. Comprar presentes que você não quer e devolvê-los denovo. E te pedir em casamento, e você dizer “não” denovo mas continuar pedindo, porque embora você ache que não era de verdade mas sempre foi sério, desde a primeira vez que pedi. Ando pela cidade pensando. É vazio sem você mas eu quero o que você quiser e penso. Estou me perdendo, mas vou contar o pior de mim e tentar dar o melhor de mim porque você não merece nada menos que isso. Responder suas perguntas quando prefiro não responder, e dizer a verdade mesmo que eu não queira, e tentar ser honesto porque sei que você prefere. E achar que tudo acabou, espera só mais dez minutos antes de me tirar da sua vida. Esquecer quem eu sou e me deixar tentar chegar mais perto de você. E de alguma forma, de alguma forma, de alguma forma compartilhar um pouco do irresistível, imortal, poderoso, incondicional, envolvente, enriquecedor, agregador, atual, infinito amorque eu tenho por você.


-A gente vai sempre

... dormir com aquela vontade de fazer diferente no outro dia, de arriscar e sair da rotina. Planos, desejos e sonhos adormecem junto com o nosso sono. Então, no outro dia, com a rotina e tantos problemas, esquecemos de tudo aquilo que prometemos para nós mesmos antes de dormir. Arriscar não é uma tarefa fácil, requer coragem e confiança. Quer uma dica? As pequenas mudanças atraem as grandes. Pequenas atitudes, como um simples sorriso, podem mudar toda a sua vida. Não deixe que o que acontece aqui fora estrague o que reluz aí dentro. As pessoas não precisam te entender. Você precisa. Nós nunca descobriremos o que vem depois da escolha, se não tomarmos uma decisão. Por isso, entenda os seus medos, mas jamais deixe que eles sufoquem os seus sonhos. Siga o coelho. Não tenha medo de entrar nos lugares onde você acha que não cabe. O mundo mágico da felicidade e do amor só existirão se você acreditar neles. Escute sempre a Alice que existe dentro de você. 
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

-O meu mundo


... não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que nem eu mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que tem saudade... sei lá de quê!
 ( Florbela Espanca. )


Procures me amar quando menos mereço, pois é quando mais preciso.